Filmes americanos com temática japonesa? (ATUALIZADO)

Richard Gere e a cadela Hachiko
Richard Gere e a cadela Hachiko

São poucos, mas existem sim. Alguns deles a gente conhece bem como Cartas de Iwojima de Clint Eastwood ou as adaptações hollywoodianas daqueles filmes de terror, O Chamado e O Grito. Além desses ainda tem aqueles que vagamente lembram o Japão, como Velozes e Furiosos – Desafio em Tóquio.
Eu estava dando uma olhada na net e descobrri que vão fazer um filme sobre a vida do cão Hachiko. Já ouviu falar dessa história? Hachiko era o nome de um Akita que vivia nos subúrbios de Tóquio com seu dono, o professor universitário Eizaburo Ueno. Todos os dias, o cão ia com seu dono até a estação de trem de Shibuya para acompanhá-lo em sua ida ao trabalho. No final da tarde, o cão retornava a estação e esperava o dono voltar do trabalho para juntos irem para casa.
No dia 21 de maio de 1925, Hachiko aguardava o retorno de seu dono, mas ele não voltou. Ueno sofreu um derrame na universidade e morreu. Depois da morte de Ueno, os familiares do professor passaram a cuidar do cachorro que continuou indo todos os dias a estação de trem esperar pelo dono. A vigília do cão durou até o dia 7 de março de 1934 quando veio a falecer no local próximo a estação. Neste lugar foi construída uma estátua que está lá até hoje representando amizade, confiança e lealdade.

Abaixo você confere o trailer de Hachiko: A Dog’ s Tale com Richard Gere que será lançado no Japão e em diversos outros países. Eu estava olhando no IMDB e o Brasil não faz parte da lista. Triste, mas enfim…

Um outro filme com temática oriental que foi lançado este ano chama-se The Ramen Girl que tem como protagonista a atriz Brittany Murphy e conta a história de Abby, uma garota que leva um fora do namorado em Tóquio. Sozinha e triste, a garota descobre sua vocação na vida: tornar-se uma cozinheira de Lámen, aquele delicioso prato sino-japonês também chamado de Chuka Soba (中華そば). Para cozinhar o Lámen, a protagonista é treinada por um experiente cozinheiro japonês e sua esposa.

O que eu achei divertido no trailer do filme foi ela dizendo algo assim: “O seu lámen deixa as pessoas felizes, eu quero aprender a deixar as pessoas felizes”. Isso me lembra da tamanha importância que os japoneses dão aos pequenos detalhes. Um lámen não é só um lámen, é um prato barato, mas é sofisticado e não é qualquer pessoa que consegue fazê-lo com perfeição. Os bons restaurantes de lámen no Japão são pequenos e lotados, do horário que abrem ao horário que fecham. Em cada região do país existe um restaurante que faz Lámen diferente, usando os ingredientes de cada lugar. É muito legal.

The Ramen Girl teria sido um filme bem bacana, mas pelo que eu li na internet foi um tremendo fracasso de bilheteria no ocidente.

DSC03220

(Atualização) Eu assisti ao filme e é uma comédia romântica, sobre uma garota que está procurando seu caminho na vida e o encontra num restaurante de lámen. Na minha opinião, o filme não é tão ruim quanto disseram. Na verdade, algumas cenas me lembram bem um filme japonês. Para quem está acostumado com a cultura japonesa, e já assiste a filmes e desenhos animados, terá a sensação de que um roteirista americano, que teve uma boa experiência no Japão, resolveu misturar as duas culturas em uma única história. É bem mais leve do que Lost In Translation com leves referências ao Japão. Na história, a personagem Abby (Brittany Murphy) tem dois amigos (um inglês e uma americana) e um namorado japonês que ela conhece por acaso. A amiga trabalha num Host Club, casa onde mulheres têm que entreter os homens batendo papo e fazendo com que eles consumam bebidas. O namorado japonês estudou a vida inteira para entrar numa empresa e entrou só que sente que deveria estar fazendo outra coisa da vida. Acho que a coisa é bem por aí… O filme é falado em japonês e inglês, eu acho que até por isso não fez lá muito sucesso na terra do tio Sam. Além disso, quem não entende muita coisa sobre o Japão pode ficar boiando em algumas cenas.

O filme em si tem todos as características de um longa “água com açucar” americano e é bem previsível. Não é uma produção maravilhosa, mas não deixa de ser interessante.

3 opiniões sobre “Filmes americanos com temática japonesa? (ATUALIZADO)”

    1. Oi Moi.

      O filme será lançado no dia 13 de junho nos EUA e 9 de agosto no Japão. Na lista de datas de estréia não tem nada relacionado ao Brasil. Eu acho que nossa única chance será assistir uma versão pirata do filme quando o lançarem em DVD em algum desses países. Saiu em DVD, a pirataria cai matando.

      Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s