Como doar dinheiro as vítimas do Tsunami sem ser enganado?

Cruz Vermelha japonesa
Cruz Vermelha japonesa

Tá aí uma dúvida que todo mundo tem…

“Eu assisti aos vídeos do terremoto e Tsunami que aconteceu no Japão. Fiquei comovido com a situação das pessoas desabrigadas que precisam de comida, água, aquecimento, etc… Queria poder fazer algo por elas, mas moro no Brasil que é praticamente do outro lado do planeta. Por isso, talvez a única maneira de fazer isso seja doando um pouco de dinheiro, mas como vou fazer isso? Como vou saber onde o meu dinheiro vai parar?”

Em toda grande catástrofe que comove as pessoas sempre aparecem os oportunistas que criam sites e recolhem doações para roubar dinheiro do povo. Isso é tão comum quanto o cafezinho que você toma todos os dias de manhã. É gente ligando na sua casa, sites fraudulentos com contas diferentes, gente pedindo seus dados pessoais e por aí vai.

O primeiro passo para que você possa fazer a sua doação é saber se a empresa que vai gerenciar tudo isso é idônea e bem relacionada. Se você sabe quem são e pode confiar no que fazem. Esse é o primeiro passo! O segundo passo é saber se as informações são claras e objetivas, e por fim tem que saber como seu dinheiro será usado.

Eu fiquei espantado com o volume de empresas arrecadando dinheiro por causa da catástrofe, e pelos noticiários que tenho visto a única associação oficial a receber doações para isso é a Cruz Vermelha do Japão.

Mesmo assim, diversas outras entidades no Brasil estão criando esforços para recolher doações e manda-las para as áreas assoladas pela tragédia. Agora eu descobri que a Cruz Vermelha – filial São Paulo tem uma conta bancária, enquanto o Bunkyo – Associação Brasileira de Cultura Japonesa e Assistência Social tem outras 4 contas bancárias completamente diferentes. Agora você me diz: “Quem é que está trabalhando sério nessa história?”

Pela lógica eu acho que se a Cruz Vermelha Paulista e o Bunkyo em SP estivessem fazendo o mesmo trabalho, eles teriam as mesmas contas bancárias, certo? Então, porque diabos elas são completamente diferentes?

A filial paulista diz que mandará as doações a Cruz Vermelha japonesa e o Bunkyo também. E em nenhum dos sites há uma explicação lógica do porque as entidades não fizeram isso em conjunto.

Ah, antes que você diga alguma coisa caro leitor: “nem vem com aquele papo de que no texto do Bunkyo foi dito que haviam entidades que saberiam onde melhor enviar o dinheiro”. Isso porque a Cruz Vermelha japonesa repassa a verba para os locais onde ela é mais necessária, ou seja, não faz a mínima diferença.

Nessa hora de necessidade, eu acho que estas entidades precisam unir forças e não deixarem confusos os brasileiros que realmente querem ajudar. Ninguém aqui achou dinheiro no lixo.

Eu queria estar  no Japão agora tentando ajudar essas pessoas, acho que pelo menos assim eu estaria vendo o resultado do meu esforço e não dando dinheiro na mão de empresas que por falta de comunicação, desinformação (e um bom webdesigner!) não passam credibilidade.

Tobrigado!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s