Mensagens de esperança vindas da catástrofe pelo Twitter

Olha, eu descobri por acaso um site que acumulou uma série de mensagens de esperança escritas por japoneses no Twitter após o terremoto seguido de Tsunami que assolou o nordeste ao Japão no dia 11 de março as 14h46.O nome do site é Pray for Japan. Lá é possível ler diversas mensagens deixadas por várias pessoas.

Inicialmente as mensagens estão em japonês, mas existem no topo da página algumas bandeirinhas, basta clicar na bandeira do Brasil e algumas das mensagens serão traduzidas para o português. Mesmo a tradução não sendo das melhores, você poderá entender o significado de algumas delas. E se quiser “seguir” a pessoa que a deixou, basta clicar em sua conta do Twitter.

Confesso que me emocionei com algumas.

“Amanhã, meu pai será enviado para a usina nuclear de Fukushima. Ele estaria se aposentando do seu trabalho em 6 meses, e fiquei emocionado quando o ouvi dizer que ele havia se voluntariado para ir. ‘O que fizermos agora, vai afetar o futuro das usinas nucleares. Eu tenho uma missão a cumprir.’ Ele disse. Eu não direi que ele foi um pai exemplar em casa. Eu nunca me senti tão orgulhoso dele, como hoje. Nos estamos todos rezando para que ele retorne em segurança”. @namicoaoto


“Meu filho de 5 anos me disse hoje, ‘Não se preocupe mamãe.  Cubra sua cabeça quando o terremoto vier. Eu a levo para a casa do meu avô depois do terremoto.’ Sua intenção de me proteger com seu pequeno corpinho me fez chorar. Eu nunca pensei que as palavras “Não se preocupe” pudessem me dar tanta coragem ate ouvi-las da boca de uma crianca. Obrigada!” @mihotan1101

“Pessoas estao comprando as coisas em mercadinhos escassos, pegando mercadorias caidas das prateleiras, e ainda assim, fazendo a fila para pagar. Um senhor, deu seu lugar para uma mulher gravida, num trem lotado que acabara de sair da estacao. Estrangeiros se chocam com essas cenas. Trata-se do mundo real? Trata-se do inacreditavel pais que eh o Japao”. @kiritansu

“Meu filho de dois anos foi colocar os sapatos e disse: ‘Eu vou segurar o terremoto’. Naquele momento percebi q dentro de um corpo pequeno tem muita coragem e justiça. Com o espírito forte vamos nos esforçar para passar por isso”. @hirata_hironobu

“Eu passei um email para meu marido que trabalha  no resgate. Pensei ‘ele não deve ter descansado nem um pouco’. ‘Você está bem? Não trabalhe demais’. Ele respondeu: ‘Não subestime a força de defesa do Japão. Qual seria a hora de trabalhar em excesso, senão agora? Tenha cuidado com suas palavras’. Os trabalhadores do resgate são fortes, física e mentalmente”. @yoshimicov

“Eu caminhei por quatro longas horas. As ruas estavam muito cheias de gente, mas todo mundo tranquilamente caminhava em ordem. As lojas de conveniência e drogarias, supermercados e postos de gasolina… todos eles  continuaram a trabalhar. Internet ficou estável, apesar dos terremotos. Muitos lugares foram abertos para pessoas que não podiam voltar para casa, e os trens de alguma forma se recuperaram correram por toda a noite. O Japão é ótimo ! Não importa o como nos classificamos no PIB”. @resaku

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s