Sana 9 – Falta pouco!

É isso aí galera! Falta menos de 10 dias para o maior evento de cultura popular, animação e mangá do norte e nordeste do Brasil. Como parte da organização por 3 anos, quando chega nesta época eu sei que o clima começa a esquentar na corrida da organização. Todo mundo se estressa na hora de colocar todas as peças no lugar. Cada um tem a sua responsabilidade dentro da administração do evento.

Bom, a minha responsabilidade dentro do Sana, junto com outros organizadores é viabilizar o projeto do Sana Show, um grande concerto musical que acontece desde 2007. A minha função é criar a ponte entre o evento e as atrações internacionais. E isso dá um trabalho cavalar. Tem que estar o tempo inteiro conectado a internet falando com “n” pessoas. O que me deixa feliz neste trabalho é entrar em contato com público e com os artistas japoneses que admiro. Eu comecei a gostar de música japonesa como muita gente: assistindo desenhos animados. Mas logo essa paixão pela música de animes tornou-se uma paixão pela música japonesa em geral. Hoje eu ouço de tudo, e assim como a música brasileira, consumo tudo aquilo que me interessa. Eu ouço músicas dos mais diferentes estilos e artistas, basta me agradar. Não sou mega-fã de uma única banda, mas eclético ouvindo um pouquinho de tudo o que existe no mercado.

Nas duas viagens que fiz ao Japão constatei o óbvio, o mercado musical japonês é imenso, e só não é maior do que o americano por causa do tamanho do país.

No Japão conheci muita gente bacana, bandas famosas e gente que realmente tem vontade de vir ao Brasil. Mas organizar um show é um trabalho muito árduo e exige um investimento altíssimo. Eu sempre vejo o Sana Show como um “esboço” para um mega-show. No dia em que houver dinheiro suficiente a estrutura do Sana Show vai ser impecável e poderemos convidar cantores cada vez mais interessantes.

A cada ano, o Sana dá um passo maior na realização do show. Organização, programação e estrutura de palco são muito boas. Desde 2007 aprendemos a fazer as coisas de forma cada vez mais profissional.

Este ano de 2009 teremos aquele problema do espaço que nos impossibilitou de criarmos o nosso mega-show como sempre fazemos e sabemos que o impacto no público foi fulminante. A gente já falou tanto sobre isso que nem vale comentar novamente. Basta dizer que vamos tirar desta uma boa lição e fazer dos próximos eventos ainda melhores.

A gente fala tanto de organização. Enfim, só por curiosidade eu resolvi colocar aqui a lista de exigências de camarim e palco dos cantores. É só por curiosidade mesmo. Não pensem que eles são hiper-exigentes e pedem 100 toalhinhas brancas. Essa lista é a base do que tem que ter em qualquer camarim de show. E como os caras ficam lá dentro praticamente o dia todo, não dá pra ser uma sala vazia sem nada..rs..

Lista de quartos no hotel

Todos os quartos separados (Single Room) em camas de casal, sendo 5 quartos para não-fumantes e dois para fumantes .

Lista de Camarim:

Chás variados
Pó de café solúvel
Sachês de Açucar e adoçante
Gatorades (isotônicos)
água mineral de garrafinha (com gelo e sem gelo)
alguma fruta da época (poucas unidades, mas frescas)
pães frescos
salgadinhos
ferrero rocher

Obs: Podemos colocar umas cervejas pra final do show no domingo, mas eles não bebem álcool antes das apresentações.

Objetos de camarim:

Plugue de tomada extra
Frigobar
Espelhos
Mesa
Cadeiras
Garrafa Térmica
Umidificador de ar
Ferro de passar
Tábua de passar
Biombo

Objetos de palco:

1x Fone de ouvido (ponto de ouvido – Ear In)
5x Microfones sem fio exclusivos pros cantores
1x guitarra acústica pro Kageyama
1 x baixo pro Kitadani
1 x jambe pro Endo (percussão – um tipo específico de tambor)
1 x banquinho de bateria pro Endo sentar
2 x apoios para a guitarra.
3 x apoios para os microfones dobráveis. (Não pode ser aqueles retos pq eles vão regular junto com a altura dos instrumentos.)
3 x porta-partituras para colocarem as letras das músicas.
3 x holofotes para iluminar os três cantores na hora do show acústico.

Obs:  Kageyama vai trazer uma guitarra acústica do Japão, mas é bom ter uma de reserva.
No palco devem haver entradas para que os cantores possam encaixar os instrumentos, com saídas de som pro público. Acho  bom que tenhamos retorno desses instrumentos, mas os cantores usam apenas se quiserem.

Eu acho que a Kanako Ito tá muito empolgada pra vir ao Sana 9!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s