Patrulha Estelar (Space Battleship Yamato) – filme estréia no Japão

Dia 1 de dezembro vai entrar para a história do cinema japonês com a chegada de Uchuu Senkan Yamato (Cruzador espacial Yamato) ou como conhecemos no Brasil, Patrulha Estelar.

A história começa no ano de 2194, quando uma força alienígena, Gamillon, invade a Terra e destrói a humanidade. 5 anos depois os sobreviventes estão vivendo como fugitivos em um mundo subterrâneo, enquanto o planeta foi totalmente destruído pela radiação dos bombardeios alienígenas…

Um dia Susumu Kodai (Derek Wildstar) que desistiu de sua carreira como piloto é atraído pelo impacto de uma cápsula que descobre ser de Iscandar um planeta a 148 mil anos luz da Terra. Estes alienígenas possuem o poder para destruir toda a radiação criada por Gamillon. Então, o chefe de defesa da Terra decide enviar Yamato, uma nave espacial que tem um motor que o faz se mover mais rápido do que a luz, para obter a tecnologia que pode reviver o planeta. A cargo do capitão Okita, o destemido Kodai e o resto da tripulação, incluindo a piloto Yuki Mori (Meisa Kuroki), a nave tem que passar as defesas de Gamillon em sua jornada espacial cheia de perigos.  fonte: Japan Times

O anime da Patrulha Estelar fez um sucesso estrondoso no Brasil quando foi exibido entre 1983 e 1985. O enredo mostrava a história dos tripulantes da nave espacial U.S.S Yamato, a última esperança da Terra para destruir terríveis alienígenas de um planeta inimigo chamado Gamilon. Para saber mais é so dar uma olhada aqui.

Eu era um pirralho na época em que Patrulha Estelar foi exibido no Brasil, mas me lembro do drama que os personagens passavam pilotando a nave imensa com um canhão de raios que sempre decidia todas as disputas. Era só o Yamato começar a captar energia que sabíamos que contenda sofreria uma tremenda reviravolta. Durante o seriado japonês, personagens importantes morreram outros se sacrificaram e tudo foi ficando cada vez mais interessante. Patrulha Estelar é um marco na história da animação japonesa e definiu muito do gênero que foi usado em séries e filmes espaciais depois. Portanto, logo no primeiro trailer do filme eu já senti um calafrio de saber que tudo aquilo seria transformado em uma super produção.

O navio de guerra Yamato e o espírito patriota japonês

Logo na estréia eu li algumas resenhas sobre o filme e no geral os estrangeiros gostaram muito da produção, por ser uma das primeiras no Japão a gastar 2 bilhões de ienes e trazer para as telas nipônicas o gênero ficção-científica da forma mais hollywoodiana possível, mas claro sem perder aquele jeitinho japonês.

O interessante é dizer a você que Yamato foi o nome de um navio de guerra famoso no Japão e que foi afundado próximo a ilha de Okinawa durante a Segunda Guerra Mundial. Os criadores de Patrulha Estelar, Leiji Matsumoto e Yoshinobu Nishizaki, criaram paralelos interessantes entre o poderoso navio e o cruzador espacial da série.

O cruzador espacial dos desenhos é uma réplica do navio de guerra Yamato
O cruzador espacial dos desenhos é uma réplica do navio de guerra Yamato

Para explicar um pouquinho deste paralelo temos que falar da palavra Yamato primeiro. Yamato foi o nome de um período da história do Japão, onde formou-se a primeira liderança política. E também era o nome da etnia dominante no arquipélago japonês, a palavra começou a ser usada para separar o povo que vivia na grande parte da ilha de outros grupo considerados periféricos como (Ainu, Ryukyu, Oroks, etc). Pode até soar como  preconceito, mas era assim mesmo que o povo japonês se classificava. Durante a Segunda Guerra Mundial criou-se a palavra Yamato Damashii (o espírito de Yamato) que significava algo como “essa terra é nossa, não podemos esquecer que somos de Yamato”. Era com esse pensamento que os japoneses entraram de cabeça na batalha contra o demônio americano. O gigantesco navio de guerra Yamato foi criado para enfrentar os perigos e vencer a adversidade a todo custo.

O navio japonês combateu durante muito tempo, mas foi afundado em 1945 enquanto tentava chegar a Okinawa para deter a invasão americana.  O serviço de inteligência americano ficou sabendo do paradeiro de Yamato e mandou uma esquadra aérea para afundar o navio que era o orgulho do Japão. Mesmo tratando-se de uma missão suicida (o navio mal tinha munição para combater) foram necessários 380 aviões americanos para afundar o imenso encouraçado que não se rendeu facilmente. A história existe até hoje e Yamato é um orgulho japonês.

No anime, o encouraçado espacial empreende uma missão suicida para tentar salvar a Terra e destruir os Gamillon, que são uma caricatura dos americanos na Segunda Guerra! É até por isso que no filme não existem atores estrangeiros e mais parece que apenas o Japão é que se salvou do tal ataque alienígena. Segundo o crítico do Japan Times, se fossem inseridos personagens não japoneses dentro de Yamato seria muito provável que os produtores ouviriam reclamações do lado conservador japonês.

No filme é isso que garante o lado patriota da produção que também possui um sentido de proteção a ecologia e uma temática que faz sentido com o que vivemos atualmente.

No elenco do filme temos Takuya Kimura como o personagem Susumu Kodai (Derek Wildstar) e Meisa Kuroki como Yuki Mori (Lola), além de outros atores e atrizes muito famosos do Japão. O diretor da produção é Takashi Yamazaki que fez diversos filmes famosos por lá, sendo um deles Ballad que tem a temática de viagens no tempo.

Ainda segundo o Japan Times, o filme não fica muito tempo parado. Tem aquela pegada de super produção gringa onde sempre acontece alguma coisa. Normalmente em produções japonesas rolam aqueles momentos intermináveis de drama e tal.

O filme ainda traz elementos culturais japoneses um tanto controversos ao mostrar o personagem mais novo contestando ordens de um mais velho ou uma garota dando em cima de alguém. Coisa de japonês.

O crítico Mark Schilling se refere a Takuya Kimura como um Harrison Ford, como Han Solo, só que com o cabelo um pouco melhor.

Um pouco do anime e os 5 minutos iniciais do filme.

O site oficial do filme é: http://yamato-movie.net/

9 opiniões sobre “Patrulha Estelar (Space Battleship Yamato) – filme estréia no Japão”

  1. Aguardando a estréia nos cinemas brasileiros para poder comprar um ingresso e realizar um sonho de mais de vinte anos, assisitr Patrulha Estelar na tela grande.

    Curtir

    1. Vai ver que os japoneses e os alemães foram os unicos que cometeram erros na guerra……….estude mais a fundo e veja mais………….

      Curtir

  2. É josenildo entao pode esperar mais vinte anos. O grupo cinemark que anuciou apra janeiro de 2011 passar o live aqui ..iss oa um pouco mias de 4 meses retirou de sua grade o filme entao mais uma vez vamos ser sacaneados!!! valei cinemark amo muito vcS!!! e esto uesprando uma respsota ao meu pedido de explicações!

    Curtir

  3. Parece que filme vai ser muito bom, mais alguém sabe se ele vai vir para os cinemas no brasil? Assim como em Akira, que foi resumido a 02 horas para o cinema e mudou a arte de fazer filme em desenho aminado, espero logo ter a honra de assistir a este filme.

    Curtir

  4. ….Saudações! Acho que não virá para o Brasil nas telonas, dado que sempre nos impôem o modelo americano de filme…Estou procurando nas locadoras o filme sobre o Yamato ,(o navio), e até agora …difícil. Acho que só chegou nos o Cartas de iwojima pq tinha o lado americano da História. Quanto a nós…qual o direito que tem um povo colonizado? Acho mesmo que, há muitos, falta o espírito de Yamato.
    Abraço e obrigado

    Curtir

  5. Olá!
    Sendo vc um fã da série Patrulha Estelar/Yamato, venho fazer um convite e um pedido.

    Já está agendada a sétima edição do “Dia do Fã”, que ocorrerá domingo, 27 de Março, como sempre na Estação Ciência, no bairro da Lapa, em São Paulo.

    Neste ano iremos participar do evento, expondo itens/vídeos da série Yamato.

    Estamos começando a selecionar o que iremos expor.
    Inicialmente o grupo é formado apenas por mim, DIOberto Souza e pelo Raul Habesch.
    Temos duas miniaturas relacionadas à Patrulha Estelar, e um notebook para mostrar vídeos. Estamos discutindo sobre imagens para elaborar cartaz, banner e pequenos pôsteres, e selecionando vídeos para exibir.

    Todavia estamos pedindo a colaboração/participação de mais fãs, pois gostaríamos de ter mais itens da série para expor, tentar obter um projetor e/ou TV de grande dimensão e assim mais pessoas conseguirem visualizar os vídeos, e ter mais pessoas que conheçam a série para ajudar na conversação com o público.

    Gostaríamos de saber se poderia participar/colaborar no evento, ou indicar participantes, ou auxiliar divulgando-o!

    Contate-nos através de e-mail:
    Raul Habesch – zwargh@gmail.com
    DIOberto Souza – perryrhodan.souza@gmail.com
    Ou através do tópico “Dia do Fã 2011” na comunidade da série no Orkut: “Patrulha Estelar”, ou também por nosso perfil no Orkut.

    A série terá exibição de dois episódios (+ vídeos e trailer) no auditório da Estação Ciência, o que a deixa em destaque no evento.
    Procurem na Internet (e divulguem) sobre o Dia do Fã 2011…

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s